Posts filed under ‘compras’

Compras: esmalte

Se você é mulher e vai pra Orlando, é bem capaz que tenha uma wishlist de cosméticos bem grande. Um dos itens mais presentes na minha listinha são sem dúvida os esmaltes. Mas não pense que é fácil achar Opi, China Glaze e Orly em qualquer Walgreens ou CVS da vida.

Por isso, o blog Esmaltes da Ana produziu um guia de compras de esmaltes nos Estados Unidos. Não é específico sobre Orlando, mas dá pra aproveitar muitas dicas (por causa desse guia, acabei incluindo, por exemplo, a Ulta no meu roteiro, hehehe!). Por isso se você é esmaltóloga de carteirinha e tá indo viajar, clique aqui e seja feliz!

Anúncios

janeiro 12, 2011 at 11:03 am Deixe um comentário

Cota e Itens Isentos

Percebi que muitos acessos ao blog são pelo post Receita Federal deve ampliar lista de produtos isentos na alfândega, as pessoas ainda têm muitas dúvidas e a Receita não é muito clara sobre o que é isento e o que não é. Vou compilar algumas informações que andei lendo nos fóruns de viagens (lembrando que eu ainda não viajei, portanto não posso afirmar com certeza qual a situação atual).

Primeiramente, todo viajante que chega por meio aéreo tem uma cota de isenção de $500. O que ultrapassar a cota deve ser declarado e o imposto é de 50%. Quem não declarar o excesso e for pego pelo fiscal, além do imposto de 50% ainda tem que pagar multa de 50%, ou seja, paga 100% do valor que ultrapassar a cota de $500.

Por exemplo, um notebook de $600, ultrapassa a cota em $100, ok?  se for declarado paga $50 de imposto (50% de $100), se não for declarado e for pego pelo fiscal paga $100 de imposto +  multa. Dependendo do valor do seu item, essa multa pode fazer muita diferença no preço final em reais.

Segundo as novas regras da Receita, temos direito a trazer sem pagar imposto:

1 celular (desde que esteja com um chip válido e em funcionamento)

1 câmera fotográfica (também, que esteja em uso, fora da caixa, e com fotos da viagem no cartão de memória)

1 relógio (no pulso)

Esses são chamados itens pessoais e só são isentos se estiverem em uso, nada de trazer lacrado na caixa. Também não pode ter repetido, por exemplo, você viajou e levou sua câmera fotográfica velhinha e comprou uma nova lá. A nova entrará na sua cota de $500.

Alguns itens obrigatoriamente entram na cota, e são sempre visados pelos fiscais como notebook, filmadora e vídeo-game. É muito arriscado tentar entrar no país com esses itens sem declarar, pois se forem pegos, terão que pagar imposto + multa.

Outros itens são uma incógnita, como iPod e vídeo-game portátil tipo Nintendo DS. Isso não está especificado na lei, e fica muito a cargo da interpretação do fiscal. De qualquer forma, nunca tragam esses produtos na caixa lacrada. Se estiverem fora da caixa e a pessoa for parada pelo fiscal, pode argumentar que é um item pessoal.

Outra mudança significativa é a extinção da DST (Declaração de Saída Temporária de Bens), desde Outubro/2010 não é mais permitido fazer a DST e assim fica difícil provar que você saiu do país com determinado item. Se você pretende viajar e levar, por exemplo, o seu notebook, deve levar também a nota fiscal do produto pra provar que ele não foi adquirido durante a viagem. Produtos nacionais que tenham a identificação “Produzido no Brasil” não precisam da nota. Agora se foi comprado no “mercado paralelo” (leia-se Shopping 25 de março, rs) ou se foi trazido em outra viagem e não foi declarado, aí a situação fica feia, e é melhor deixá-lo em casa.

Para poder entrar e sair do país com um notebook comprado no exterior sem se preocupar, é necessário declarar, mesmo que ele esteja dentro da sua cota de $500, e assim fazer a nacionalização do produto.

Nessa viagem, vou sem relógio e sem câmera fotográfica, pois pretendo adquirir novos lá em Orlando. Com esses itens não devo me preocupar, pois relógio e câmera são itens pessoais isentos. Porém, a vontade de ter um iPad é grande e se eu decidir comprá-lo, terei que fazer a declaração pois o modelo que quero custa $629 ($129 acima da cota de isenção, ou seja, terei que pagar $64,50 de imposto). A declaração nesse caso também é importante, pois assim posso fazer a nacionalização do iPad e poder levá-lo em outras viagens sem preocupação.

janeiro 4, 2011 at 2:00 pm 2 comentários

Receita Federal deve ampliar lista de produtos isentos na alfândega

reproduzindo notícia do Portal G1

A Receita Federal deve ampliar a lista de itens considerados de uso pessoal em viagens internacionais. Estes itens não precisam ser declarados na alfândega na chegada ao país quando comprado no exterior. As mudanças nas regras deverão ser publicadas nesta segunda-feira (02) e entrar em vigor de imediato.

Deverão constar na lista de produtos isentos telefone celular com bateria e acessório, relógio de pulso e máquina fotográfica. Todos eles terão o limite de um para cada pessoa.

A lista vai contemplar ainda roupas, acessórios, joias, produtos de higiene e beleza. No caso de produtos como bebidas e cigarros, haverá um limite fixo de isenção. Serão permitidos 10 maços de cigarros com 20 unidades, 25 unidades de charutos e cigarrilhas e 12 litros de bebidas alcoólicas.

Alguns produtos de desejo de consumidores brasileiros que viajam ao exterior, no entanto, não serão contemplados pelas mudanças. A restrição a notebooks e filmadoras continua e será necessário pagar tributo se o total da compra realizada no exterior ultrapassar a cota de US$ 500,00.

Quem embarcou neste sábado (31) para o exterior e só retorna na semana que vem já começou a fazer planos para compras. “Nossa, que bom! Agora compro mais um pouquinho”, disse a professora Hercília José da Rocha.

————————————–

Notícia boa né, gente? Bom, em tese, continua na mesma, já que brasileiro é espertinho e colocava o relógio no pulso, o celular no bolso e passava tranquilo pela Receita… Mas é bom agora ser “oficial” e pessoas medrosas como eu ficarem mais tranquilas. Relógio, celular e camera fotográfica são justamente os itens que estão na minha wishlist da próxima viagem. Na viagem anterior eu trouxe computador, video-game e ipod e tive que pagar imposto =( até porque, não dava pra passar desapercebida com uma caixa de iMac no aeroporto né?

agosto 3, 2010 at 11:34 am 2 comentários

Principais pontos de Orlando

Super dica que achei num Fórum, é um mapa com os principais pontos de Orlando… tem a localização de todas as lojas, shoppings, outlets, parques, etc… foi feito pelo Rafael Tosi e será e imensa ajuda!

Orlando principais pontos by Rafael

julho 21, 2010 at 1:04 pm Deixe um comentário

Memorize os mapas

Um dos itens na minha listinha de compra era um moletom da GAP… rodei todo o Premium, com sacolas até o pescoço e não achei a tal da GAP. Sem problemas, ainda iria no Florida Mall… chegando lá, fiquei tão besta com lojas como a Apple e Victoria Secrets que passei pela GAP e nem vi, rs! Só consegui meu moletom aos 45min do segundo tempo, quando passamos no Lake Buena Vista antes de ir para o aeroporto.

Ok, acredito que a maioria das pessoas não são tão desligadas como eu e sem senso de direção, mas uma dica que eu dou aos marinheiros de primeira viagem: além de estudarem os mapas dos parques, dêem uma olhada também nos mapas dos shoppings… isso evita ficar andando que nem uma barata tonta, ficar perdida e esquecer de comprar algo importante!

Shoppings:
Florida Mall
Mall at Millenia
Premium Outlet
Prime Outlet
Lake Buena Vista Outlet

julho 21, 2010 at 2:34 am Deixe um comentário


Feeds

Categorias

outubro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031