Archive for janeiro, 2011

Daqui a pouco…

Chegou o dia, frio na barriga!

Anúncios

janeiro 31, 2011 at 9:49 pm Deixe um comentário

Opções para usar os créditos do Quick-Service Dining Plan

Daqui 5 dias tô embarcando pra Terra Encantada, o coração tá que não se aguenta. Todos os detalhes acertados, já consigo até imaginar cada lugar que irei, cada foto que tirarei, inclusive, cada comida que comerei, rs!

Ganhei o Quick-Service Dining Plan, que é o plano de alimentação da Disney que dá direito a 2 refeições completas (prato principal, sobremesa e bebida) e mais 2 snacks (pipoca, sorvete, entre outras guloseimas) por dia. Por causa disso, acabei fazendo uma pesquisa dos restaurantes dentro do complexo Disney que aceitam o plano de alimentação, e assim selecionar as melhores opções de almoço/jantar, além do café da manhã e das guloseimas.

Segue abaixo meus escolhidos (lembrando que a escolha foi feita com base em relatos coletados da internet, pois tirando o restaurante do Hotel Pop Century, os outros eu não cheguei a conhecer na minha última viagem). Veja os links do site especializado em comida http://www.disneyfoodblog.com

MAGIC KINGDOM

Meal

Casey’s Corner: o melhor hot-dog da Disney, fica na esquina da Main Street. Não esquecer o molho de queijo (Hot Dog Meal – served with apple slaw or french fries $6.59)

Pecos Bill Tall Tale Inn and Café: No Frontierland (perto da Splash Montain) é especializado em “burgers” (Deluxe 1/3-Pound Angus Cheeseburger – topped with bacon, onion rings, and  barbeque sauce served with french fries or apple slices $9.09)

Columbia Harbour House: Especializado em sanduíches e frango, mas a pedida mesmo é a porção de camarão (Fried Shrimp Basket – Served with Coleslaw and French Fries $9.69)

Snack

O melhor lugar pra snacks no MK, tirando as barraquinhas de pipoca e picolé em formato das orelhinhas do Mickey (dois clássicos, não deixe de provar), é a The Main Street Bakery, uma padaria charmosa que fica na Main Street.

EPCOT

Meal

Sunshine Seasons: já falei dele aqui, to doida pra provar o tal salmão grelhado (Grilled Salmon – with Kalamata Olive Pesto sauce and two sides $9.99)

Sommerfest: fica localizado na Alemanha, e como boa descendente de alemães não poderia deixar de provar um prato típico da terrinha (Bratwurst – served with sauerkraut and roll $6.69 e Apple Strudel – with vanilla sauce $3.59)

Snack

Muitas opções de snacks na Boulangerie Patisserie no pavilhão da França, porém, o snack mais famoso do parque é o School Bread vendido no Kringla Bakeri Og Kafé por $1.99 dentro do pavilhão da Noruega.

HOLLYWOOD STUDIOS

Meal

Studio Catering Company: na área Streets of America perto do Lights, Motors, Action! O destaque são os sandubas mais light (Turkey Club – apple wood smoked bacon, swiss, roasted red pepper, arugula, sunflower panini bread served with apple slices or fries $8.99)

Toy Story Pizza Planet: pizzas! Mas também tem uma saladinha pra disfarçar (Pizza Planet Chicken Salad – chopped Romaine, grilled chicken breast, cantaloupe, cucumber, red onion, tomato, green peas, fresh basil, and balsamic vinaigrette $7.49)

Snacks

Starring Rolls Cafe, na Sunset Boulevard prove o Butterfinger Cupcake é um bolinho com uma cobertura enorme e deliciosa. Outras opções como o Marble Cupcake e o Chocolate Peanut Butter Cupcake. O paraíso dos bolinhos!

ANIMAL KINGDOM

Meal

Flame Tree Barbecue(aqui e aqui): a única boa opção no AK, fica no Discovery Island com vista para Expedition Everest (Smoked Turkey Breast Sandwich – sliced turkey breast served on a multi-grain bun with cole slaw $7.89)

Snacks

Kusafiri Coffee Shop and Bakery: saborear um delicioso e engraçado cupcake de chocolate acompanhado de um pirulito de chocolate em formato de elefante White Chocolate Elephant Cupcake $3.99. No mesmo lugar também pode se experimentar o Zebra Cupcake $3.99. Fica na Africa, próximo a entrada do Kilimanjaro Safari.

POP CENTURY RESORT

Meal

O Hotel tem várias “ilhas” de alimentação, comida italiana, asiática e os famosos “burgers” americanos. Serve também café da manhã

Café da Manhã: aquele breakfast super completo americano (Adult Breakfast Platter – scrambled eggs, potatoes, biscuit, sausage, and bacon $6.29)

Almoço e Jantar: o melhor prato de lá com certeza é o Chicken Penne Alfredo – $8.39

Snacks:  todos os itens da padaria do hotel, além de frutas, iogurte, bolos e bebidas como suco de laranja.

janeiro 27, 2011 at 5:42 pm 1 comentário

Pixar Pals Countdown to Fun!

A nova parada da tarde do Disney’s Hollywood Studios

fonte: wdwmagic.com

janeiro 18, 2011 at 1:15 am Deixe um comentário

Compras: esmalte

Se você é mulher e vai pra Orlando, é bem capaz que tenha uma wishlist de cosméticos bem grande. Um dos itens mais presentes na minha listinha são sem dúvida os esmaltes. Mas não pense que é fácil achar Opi, China Glaze e Orly em qualquer Walgreens ou CVS da vida.

Por isso, o blog Esmaltes da Ana produziu um guia de compras de esmaltes nos Estados Unidos. Não é específico sobre Orlando, mas dá pra aproveitar muitas dicas (por causa desse guia, acabei incluindo, por exemplo, a Ulta no meu roteiro, hehehe!). Por isso se você é esmaltóloga de carteirinha e tá indo viajar, clique aqui e seja feliz!

janeiro 12, 2011 at 11:03 am Deixe um comentário

1 milhão de cervejas amanteigadas

 

crédito: orlandosentinel.com

É cerveja pra caramba! Pra saber mais, clique aqui.

P.S.: a butterbeer não é alcóolica, é uma bebida sabor baunilha com chantilly

janeiro 11, 2011 at 6:18 pm Deixe um comentário

Expectativa – TOP5

Quando estive em Orlando em 2007, a Terra do Harry Potter era apenas tapumes cercando uma área e nem sinal de início das obras, há! Algumas atrações novas surgiram nesses anos e estão no meu Top5 de expectativas, com certeza quando chegar no parque vou correndo pra essas atrações!

5. Forbidden Journey – Island of Adventure
Não sou fã do Harry Potter, mas assim como a cerveja amanteigada, o Forbidden Journey é uma daquelas atrações que “tem que ir”. É um simulador no estilo do Homem-Aranha, mas muito mais radical… diz a lenda que a sensação de voar é incrível (quando eu voltar, conto como foi). Só espero que a minha falta de conhecimento da história não estrague o entendimento da atração.

4. Toy Story Mania – Disney Hollywood Studios
É um vídeo game gigante, interativo e 3D, tá bom assim? Em duplas e munidos de pistolas, o objetivo do jogo é fazer mais pontos. Não é nada radical nem extraordinário, mas a Disney tem dessas coisas (vide Peter Pan no Magic Kingdom), as filas são imensas, tem que chegar cedo ao parque e correr pra pegar o Fast Pass se não quiser ficar cerca de 1 hora na fila pra essa atração. Já que tanta gente adora, entrou pro top5.

3. The Simpsons Ride –  Universal Studios
Krusty dá as boas vindas nesse simulador de Montanha-Russa dos Simpsons. Na minha última viagem a atração ainda não estava pronta, mas já existia a lojinha que vendia cerveja Duff de mentirinha (eram latinhas de energético). Dizem que pessoas com estômago sensível saem da atração bem mareadas!

2. Hollywood Rip Ride Rockit – Universal Studios
Montanha russa com subida a 90° e um loop que não fica de cabeça pra baixo (o carrinho fica por fora do loop, entende?), podemos escolher a trilha sonora do trajeto e no final comprar um DVD com nosso vídeo-clipe, bem radical!

1. Manta – Sea World
Sem dúvida, a atração mais aguardada da viagem (juro que se tiver fechada no dia da minha visita, eu me suicido igual ao Didi Mocó). A Manta é uma montanha russa que simula o nado de uma arraia, o carrinho deixa as pessoas na posição horizontal, de barriga pra baixo. Segundo relatos, não é muito radical e tem o percurso bem suave, mas o motivo desse ride ser o primeiro no meu top5 é a sensação de estar voando que o carrinho na horizontal proporciona.

janeiro 4, 2011 at 4:28 pm Deixe um comentário

Cota e Itens Isentos

Percebi que muitos acessos ao blog são pelo post Receita Federal deve ampliar lista de produtos isentos na alfândega, as pessoas ainda têm muitas dúvidas e a Receita não é muito clara sobre o que é isento e o que não é. Vou compilar algumas informações que andei lendo nos fóruns de viagens (lembrando que eu ainda não viajei, portanto não posso afirmar com certeza qual a situação atual).

Primeiramente, todo viajante que chega por meio aéreo tem uma cota de isenção de $500. O que ultrapassar a cota deve ser declarado e o imposto é de 50%. Quem não declarar o excesso e for pego pelo fiscal, além do imposto de 50% ainda tem que pagar multa de 50%, ou seja, paga 100% do valor que ultrapassar a cota de $500.

Por exemplo, um notebook de $600, ultrapassa a cota em $100, ok?  se for declarado paga $50 de imposto (50% de $100), se não for declarado e for pego pelo fiscal paga $100 de imposto +  multa. Dependendo do valor do seu item, essa multa pode fazer muita diferença no preço final em reais.

Segundo as novas regras da Receita, temos direito a trazer sem pagar imposto:

1 celular (desde que esteja com um chip válido e em funcionamento)

1 câmera fotográfica (também, que esteja em uso, fora da caixa, e com fotos da viagem no cartão de memória)

1 relógio (no pulso)

Esses são chamados itens pessoais e só são isentos se estiverem em uso, nada de trazer lacrado na caixa. Também não pode ter repetido, por exemplo, você viajou e levou sua câmera fotográfica velhinha e comprou uma nova lá. A nova entrará na sua cota de $500.

Alguns itens obrigatoriamente entram na cota, e são sempre visados pelos fiscais como notebook, filmadora e vídeo-game. É muito arriscado tentar entrar no país com esses itens sem declarar, pois se forem pegos, terão que pagar imposto + multa.

Outros itens são uma incógnita, como iPod e vídeo-game portátil tipo Nintendo DS. Isso não está especificado na lei, e fica muito a cargo da interpretação do fiscal. De qualquer forma, nunca tragam esses produtos na caixa lacrada. Se estiverem fora da caixa e a pessoa for parada pelo fiscal, pode argumentar que é um item pessoal.

Outra mudança significativa é a extinção da DST (Declaração de Saída Temporária de Bens), desde Outubro/2010 não é mais permitido fazer a DST e assim fica difícil provar que você saiu do país com determinado item. Se você pretende viajar e levar, por exemplo, o seu notebook, deve levar também a nota fiscal do produto pra provar que ele não foi adquirido durante a viagem. Produtos nacionais que tenham a identificação “Produzido no Brasil” não precisam da nota. Agora se foi comprado no “mercado paralelo” (leia-se Shopping 25 de março, rs) ou se foi trazido em outra viagem e não foi declarado, aí a situação fica feia, e é melhor deixá-lo em casa.

Para poder entrar e sair do país com um notebook comprado no exterior sem se preocupar, é necessário declarar, mesmo que ele esteja dentro da sua cota de $500, e assim fazer a nacionalização do produto.

Nessa viagem, vou sem relógio e sem câmera fotográfica, pois pretendo adquirir novos lá em Orlando. Com esses itens não devo me preocupar, pois relógio e câmera são itens pessoais isentos. Porém, a vontade de ter um iPad é grande e se eu decidir comprá-lo, terei que fazer a declaração pois o modelo que quero custa $629 ($129 acima da cota de isenção, ou seja, terei que pagar $64,50 de imposto). A declaração nesse caso também é importante, pois assim posso fazer a nacionalização do iPad e poder levá-lo em outras viagens sem preocupação.

janeiro 4, 2011 at 2:00 pm 2 comentários

Posts antigos


Feeds

Categorias

janeiro 2011
S T Q Q S S D
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31